O irresistível bem casado

O irresistível bem casado

Você conhece a origem do irresistível bem casado?


O bem casado que conhecemos hoje em dia é uma variação das famosas receitas de casadinhos portugueses. A diferença fica por conta da textura do nosso bem casado, é mais suave e tem uma  calda mais consistente de açúcar. O autêntico bem casado é feito com dois discos de “esquecidos” – nome dado às bolachinhas de pão de ló em Portugal – unidos com doce de ovos. O ovo simboliza a vida. Nos últimos anos porém, surgiram novas versões brasileiras. Hoje os noivos podem optar por massas de nozes, chocolate, cobertura de chocolate, recheios de baba de moça, doce de leite, doce de leite com nozes, ganache branco ou ao leite, brigadeiro preto ou branco e creme de damasco dentre outros.

Após longos anos, o bem casado acabou se tornando tradicional nas festas de casamento. E que ninguém conte um para cada convidado – é de praxe levar vários para casa, para comer no dia seguinte e lembrar da festa! Convencionou-se disponibilizá-los na saída, compondo a decoração da festa.

O bem casado é usado para representar a união entre duas partes, feita através do amor e respeito mútuo. Diz a tradição, que para se ter muita sorte nesta união, os bem casados deverão ser distribuídos no final da festa de casamento e que todos que o saborearem, estarão sendo abençoados com a mesma sorte e felicidade.

A embalagem é outro ponto forte do bem casado, valorizando-o ainda mais. Geralmente elas acompanham as cores da festa e podem ser de diferentes formas, conforme o desejo dos noivos. Vale tudo o que a criatividade permitir: crepom de diversas cores, tecidos com diferentes estampas, fitas diversas, flores, papel decorado, medalhinhas, caixinhas… Os preços variam conforme a embalagem e o sabor.

É importante orientar os noivos para encomendarem com antecedência, pois esses doces tem muita saída o ano todo. Oriente também para agendarem uma degustação e assim,  conferirem os diferentes sabores e as embalagens disponíveis.

Os bem casados também podem ser uma excelente opção para os casais que não forem fazer festa, entregando-os ao final da cerimônia.

Agora me conte: você já conhecia a origem dos bem casados? Se você gostou desse artigo e acha que ele pode ser útil para mais gente, compartilhe!

Ah! E me conta o que você achou aqui nos comentários!

Um beijo!


Imagem: Glenda Rubinstein Fotografia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *