Os 7 erros mais frequentes que novos organizadores de eventos cometem

Os 7 erros mais frequentes que novos organizadores de eventos cometem

Em todo início de carreira cometemos erros

E é justamente assim que aprendemos e adquirimos experiência

Aqui estão os 7 erros que os iniciantes comentem e como evitá-los.

1 – Mentir sobre a sua experiência. Se você não tem experiência com um determinado tipo de evento ou local, é muito importante ser sincero a respeito disso com seus potenciais clientes. Diga que você vai pesquisar a respeito ou fazer visitas extras para certificar de que você terá condições de realizar o melhor trabalho possível.
2 – Não contactar previamente os fornecedores contratados diretamente pelo cliente
Se você está oferecendo planejamento parcial ou somente a realização no dia do evento e seu cliente contratou fornecedores diretamente, é fundamental que você entre em contato com todos e confirme os serviços oferecidos e explique como será o evento. Para que tudo saia como planejado, você precisa conhecer todas as partes envolvidas, assim como eles também precisam saber quem é você. E isso é de extrema importância para aqueles casos onde o cliente resolve chamar amigos ou familiares para ajudarem no evento, pois é você que estará responsável pelo evento.

3 – Não deixar bem claro no contrato, a forma de pagamento. No mercado de casamentos é comum a prática do pagamento antecipado. No dia do evento, todos os fornecedores já foram quitados portanto, seja bem específico no seu contrato para evitar aborrecimentos futuros com clientes inadimplentes.

4 – Trabalhar com clientes que você não tem afinidade. Se você não sentiu aquele entrosamento com seus noivos logo na primeira reunião, sinto informar mas as chances dessa parceria não fluir como o esperado são grandes! Você provavelmente não terá oportunidade de oferecer o seu melhor se não estiver em sintonia com o perfil do seu cliente. Portanto, você deve analisar com cuidado, se realmente vale a pena o risco.

5 – Não contratar seguro. Todo organizador de eventos precisa de pelo menos um seguro básico para proteger o seu evento e a sua empresa. Contate uma empresa de seguros para se informar melhor. Hoje as seguradoras possuem pacotes exclusivos para empresas de eventos. Esse é um tópico que ainda vai render um post exclusivo…

6 – Não ter um contrato bem estruturado. Elabore junto com uma assessoria jurídica, um contrato para todos os tipos de serviços que sua empresa está apta a oferecer. Todo organizador possui diferentes pacotes para atender as diferentes demandas dos seus clientes e é muito importante que tudo esteja bem especificado no contrato. Isto evita mal entendidos pois vale o que está escrito além de proteger ambas as partes.

7 – Deixar o cliente fazer alterações de última hora no seu contrato. Quando os noivos solicitarem alterações no seu contrato, verifique cuidadosamente se vale a pena, avaliando qual o impacto que essas mudanças podem causar para o evento e para a sua empresa. Geralmente, pequenas mudanças podem ser viabilizadas sem muita dor de cabeça mas alterações significativas devem ser avaliadas cuidadosamente inclusive com o respaldo de um advogado para que você tenha certeza das consequências dessas alterações e se proteja.

Agora me conta: você já cometeu algum desses erros? Como foi? Compartilha sua experiência com a gente! Deixa um comentário aqui embaixo que eu vou adorar responder! Se preferir, mande e-mail para: elisa@casamentocarioca.com.br ? Ah! E se achar que esse artigo pode ser útil para mais pessoas: compartilhe!

Um beijo e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *